Litecoin, Ethereum, Bitcoin Cash e Ripple. Saiba a diferença entre essas moedas virtuais


O Bitcoin não é a única que pode fomentar o crescimento das criptomoedas; Há outras que surgiram depois e que têm igual potencial, em aplicações diversas
Idealizado em 2008 e colocado em prática no ano seguinte, o Bitcoin foi a primeira moeda virtual a surgir em meio a uma crise econômica. Em seu DNA, a possibilidade de ter uma moeda virtual usada como meio de pagamento ou investimento, tendo como vantagem o controle realizado por uma rede peer-to-peer sem depender de bancos centrais.
Há quem diga que o Bitcoin foi criado por Satoshi Nakamoto. Muitos seguidores do tema, contudo, afirmam que Nakamoto é, na verdade, um grupo de pessoas, que criava textos sobre a moeda. “O que esse grupo fez foi se juntar de maneira ímpar e criar sistemas de incentivos que possibilitassem o desenvolvimento do Bitcoin até sua evolução nos dias de hoje. Caminhamos para o décimo ano de lançamento da tecnologia”, lembra Gustavo Chamati, CEO e sócio-fundador da Mercado Bitcoin.
Apesar de uma década de existência, há muito espaço para crescimento do Bitcoin, segundo Chamati, reforçando que projeções indicam que até 2140 haverá 21 milhões de unidades de Bitcoin, somando um montante bilionário. Hoje, um Bitcoin equivale a cerca de R$ 30 mil.
O Bitcoin, contudo, não é a única moeda que pode fomentar o crescimento da modalidade. Chamati lista outras quatro moedas virtuais que surgiram depois do Bitcoin e que têm igual potencial, em aplicações diversas. Confira a lista abaixo e a diferença entre elas:
Litecoin
Com a proposta de ser mais escalável do que o Bitcoin, é considerada a ‘prata digital’. O título de ouro digital, naturalmente, vai para o Bitcoin. Charlie Lee criou o Litecoin em 2011 e vendeu sua participação em 2017. Atualmente, um Litecoin equivale a quase R$ 320.
Ethereum 
Permite a criação de outras criptoemoedas, plataformas e os famosos contratos inteligentes. Na prática, o Ethereum está ajudando na adoção mais ampla da tecnologia blockchain. Isso porque, ele é extraído usando algoritmos de 'prova de trabalho', que processam blocos de dados para entrada no blockchain. O montante de lucro obtido pela mineração Ethereum varia dependendo de vários fatores, incluindo a dificuldade da mineração e o valor atual da moeda.
Bitcoin Cash
Tem a proposta de ser mais rápido do que o Bitcoin tradicional, por meio de uma mudança no código que permite um bloco maior e, consequentemente, mais transações. Ela foi criada em 2017 e, atualmente, um Bitcoin Cash equivale a quase R$ 3,1 mil.
Ripple
Com a proposta de ser muita mais rápida e barata do que o Bitcoin, a Ripple tem sido usada atualmente especialmente para remessas internacionais. Um Ripple, hoje, equivale a cerca de R$ 1,71. A Ripple é promissora, tanto que bancos como Bank of America, Merrill Lynch, RBC e Santander fazem parte do conselho executivo da Ripple.


fonte: http://idgnow.com.br/internet/2018/07/26/bitcoin-litecoin-ethereum-bitcoin-cash-e-ripple-saiba-a-diferenca-entre-essas-moedas-virtuais/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Single board com egpu ----